Enfim, quase Adolescente



Enfim, 11 anos e como diz meu livro de ciências, as meninas entram na adolescência aos 10/12 anos de idade. Com 11 hoje, 12 ano que vem. Está chegando perto de me virar uma quase adolescente. Sintomas mudam e o corpo também. Tudo confuso, passa muito rápido. Como um estalo de dedos. Quando dizem para aproveitar sua infância,  escute. Minha sorte é que eu descobri isso agora, ainda tenho tempo, mas tenho que aproveitar. Dizem que garotas adolescentes são...sei lá. Mudam de humor sempre. Só mesmo quem passa por isso sabe como que é.  Eu estou aprendendo a lidar com isso, com o meu corpo, como milhares de meninas ai pelo mundo. Enfim,  está por perto. Meu desejo era ser adolescente, mesmo sabendo das consequências, eu queria ser uma adolescente. Motivos? Tenho vários.
1.Queria ver minha aparência no futuro, se eu ia ficar bonita ou não.
2.Queria parar de crescer e ter a liberdade de comprar várias roupas e sapatos.
3.Queria , queria, queria... Sei lá, na minha cabeça parecia que eram milhares mas vocês devem também querer ser adolescentes e devem saber os motivos.

Menstruação, mais responsabilidade, dever dobrado e provas difíceis tanto na escola quanto na vida real.
Isso é oque nos espera meninas. Temos que nos preparar e em relação com a menstruação, tem uma dica para você ter tudo em controle quando ela vier:
Eu vi isso em um livro..

        *Pegue uma bolsinha, não muito pequena e nem muito grande. Um tamanho que de em sua bolça ou em sua mochila. Coloque de  1 a 4 absorventes dentro dela, (a minha tia me deu a bolsinha e também 4 absorventes, não é daqueles grandes!) e uma calcinha. Assim, quando a menstruação vier você não precisa entrar em panico, só se ela resolver aparecer na sua calça, short e você pagar um micão. Ai sim!


Uma questão que eu também queria saber.. Porque adolescentes comem muito?
Resp.: Eles estão em desenvolvimento, e precisam de nutrientes para poder compor os tecidos do organismo que está constantemente em expansão.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Livro: Um Sopro de Esperança

Como Clarear o Cabelo com Mel