Resenha do Filme: Planeta dos Macacos - O confronto

Ei pessoal, tudo bem? Esses dias eu vi o filme dos macacos, e decidi vir aqui fazer uma resenha dele por que eu realmente gostei e achei interessante falar dele aqui no brogui.


Vou tentar falar dele aqui rapidinho e bem resumido pra vocês. Tudo começou com uma experiencia que os humanos fizeram com os macacos. Só que tinha um cara(do bem) que criou um macaco desde pequeno e o ensinou a falar com os gestos e com a fala também.. Esse macaco cresceu, e uma doença dos próprios macacos também, e ela foi se espalhando até matar quase  todos os humanos na Terra. O dono do macaco também pegou a doença como muitos outros e morreu, fazendo com que o macaco tivesse que fugir para a floresta, bem longe da cidade.


Lá, ele criou uma família, e os ensinou a se comunicar através dos gestos e da fala, ele ensinou tudo o que aprendeu com o seu dono, que era como um pai-amigo para ele. Os macacos caçavam juntos, eles cuidavam uns dos outros juntos, eles se importavam uns com os outros como uma família mesmo e uma coisa que eu achei bem interessante é o ditado deles, "Macaco não mata macaco".

Como eu disse, nem todos os humanos morreram, havia sim, uma pequena quantidade de ser humanos no mundo. Mais ou menos a quantidade de uma cidade, pelo menos é aonde o filme se passa. Com a morte de milhares de pessoas, as cidade foram ficando acabadas, mal cuidadas, jogadas no lixo. Parecia uma cidade abandonada, e era isso mesmo. E com o abandono da cidade, a energia elétrica foi se esgotando, prejudicando a forma de viver deles. Eles passaram por muitas dificuldades, até que então um grupo foi à floresta procurar uma cachoeira, uma bica, alguma coisa que gerasse energia.


Só que eles encontraram quem? Sim! Os macacos. E ai com isso um dos integrantes do grupo fez merda, os macacos se revoltaram, mas não fizeram mal a nenhuma pessoa. Os humanos voltaram pra onde estavam e os macacos foram dar uma visitinha a eles e um recado também. Eles falaram que não era pra eles ousarem a por os pés na floresta de novo. Mas um cara do grupo resolveu ir, e acabou levando o grupo todo para conversar com os macacos. E como o Cesar (aquele macaco lá do começo da história) já conviveu com um  humano, os escutou. Os humanos começaram a se aproximar dos macacos e conseguiram o que queriam.

Vou ficando por aqui, espero que vocês gostem do filme igual a mim, e também do post, já que essa é a minha primeira resenha de filme, me desculpem se eu deixei escapar alguma spoiler! Bjss
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Livro: Um Sopro de Esperança

Como Clarear o Cabelo com Mel